Brasil Curiosidades

Bumba-meu-boi pode ser reconhecido como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco

O primeiro passo para o reconhecimento internacional do Bumba-meu-boi foi dado nesta quinta-feira (5) com a entrega do dossiê de candidatura do bem cultural ao MRE

G1 – Complexo Cultural do Bumba-meu-boi pode se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. O primeiro passo para o reconhecimento internacional concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) foi dado nesta quinta-feira (5) com a entrega do dossiê de candidatura do bem cultural ao Ministério das Relações Exteriores (MRE).

A cerimônia de entrega teve a presença da secretária executiva do Ministério da Cultura, Mariana Ribas; a presidente do Iphan, Kátia Bogea; o diretor do Instituto de Patrimônio Imaterial, Hermano Queiroz; e o superintendente do Iphan no Maranhão, Mauricio Itapary.

Foto: Reprodução/IPHAN

O dossiê de candidatura foi entregue à diretora do Departamento Cultural do Itamaraty, ministra Paula Alves de Souza. A previsão é de que em 2019 o Comitê do Patrimônio Imaterial decida sobre a inserção do bem brasileiro na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Com uma decisão positiva, o Bumba-meu-boi vai se unir a Arte Kusiwa – Pintura Corporal e Arte Gráfica Wajãpi (2003), ao Samba de Roda no Recôncavo Baiano (2005), o Frevo: expressão artística do Carnaval de Recife (2012), o Círio de Nossa Senhora de Nazaré (2013) e a Roda de Capoeira (2014). Todos são bens brasileiros reconhecidos como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

Caminho ao título internacional

Considerado Patrimônio Cultural do Brasil desde 2011 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o caminho do bumba-meu-boi percorrido para se chegar a candidatura de Patrimônio Imaterial da Humanidade passou por várias etapas até chegar ao estágio atual.

Segundo o Iphan, tudo começa quando existe a solicitação da comunidade ao instituto para que o bem seja inscrito na lista representativa da Unesco a Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Esse é o primeiro passo para que o Patrimônio Cultural do Brasil obtenha o reconhecimento internacional.

Foto: Reprodução/IPHAN

A partir de então, o pedido é apresentado pelo Iphan para avaliação ao Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural e, tendo a anuência, é dado início a elaboração de um levantamento sobre os aspectos relevantes do bem cultural, legitimando sua importância para a humanidade.

Bumba-meu-boi

O Complexo Cultural do Bumba meu boi está presente em todo o Estado do Maranhão, dividido em cinco principais estilos conhecidos como sotaques: Matraca, Orquestra, Zabumba, Baixada e Costa-de-mão. Contabiliza-se mais de 400 grupos, localizados nas zonas urbana e rural de São Luís e em, pelo menos, 75 municípios do estado.

Repórter Mirante – Programa especial sobre as toadas do Bumba-meu-boi do Maranhão

Segundo o diretor do Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, Hermano Queiroz, participar da manifestação extrapola a ideia de ser parte de um grupo. Para além da unidade mais estreitamente ligada às celebrações do Boi, os praticantes se identificam como uma grande comunidade boieira, comungando a mesma visão de mundo que envolve religiosidade católica, cultos de matriz africana de diversas tradições, crenças e ritos.

“Para os participantes, integrar o Bumba meu boi é motivo de orgulho e devoção, de modo que há quem traduza seu compromisso com o Boi comparando-o a uma religião”

Foto: Reprodução/IPHAN
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s