Política

Bolsonaro quis proibir aliança de deputado maranhense com governador

Intromissão do pré-candidato ao Planalto causou tumulto no Patriota

Época – Um dos motivos que provocaram a ira de políticos do Patriota  com  o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi sua tentativa de proibir o  deputado Júnior Marreca (PEN-MA) de se aliar ao governador maranhense Flávio Dino, do PCdoB, nas eleições de 2018. Marreca, que ajudara na aproximação de Bolsonaro com o PEN, não gostou.

Um dos principais discursos do pré-candidato a presidente é sua rejeição a comunistas e partidos de esquerda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s